06.10.2020

O novo e estabelecido normal com a análise do “agora” 

Este artigo é um repost vinculado ao evento  Philips Connect Day 2020. E autoria da empresa weKnow.

 

O ano de 2020, conhecido também como o ano do estabelecimento de um “novo normal” – e um normal irreversível em muitos aspectos – é um ano de reflexões, e acima de tudo: momento que necessita ações visando salvar vidas.

 

A cada dia, em tudo 2020 nos levou a refletir o quanto também dentro da Business Intelligence os “normais” já trabalhados devem ser ainda mais explorados, repaginados e analisados: O quanto estes então “normais” de BI efetivamente impactam vidas e profissionais envolvidos? O quando a Business Intelligence estava explorada em ações de fato práticas, ou, será que estávamos cada vez mais mergulhando em grandes volumes de dados e conceitos, porém nem sempre proporcionais quando deparadas a rasos níveis de informações de fato relevantes?

 

Em seus novos conceitos e suas respectivas novas siglas que nascem todos os dias, neste cenário de pandemia o mercado de Business Intelligence se viu – sem aviso prévio – em um teste de fogo: Na hora em que a tomada de decisão é mais que emergencial, Como e Onde recorrer a socorro? O que de fato é relevante? O que fazer com dados para que não sejam mais apenas números em KPIs (Key Performance Indicator) em monitoramento, com sinais negativos ou positivos em contas bancárias, ou números que caso perdidos são recuperados com rotinas de Backups? Dados perdidos se recuperam com backups… mas, e as Vidas?

 

Em uma pandemia “democrática”, pois não escolhe região do mundo ou nível social, em todos os segmentos possíveis e em todos os seus escalões hierárquicos, “do dia pra noite” todos se obrigaram uma tomada reflexão absoluta e única mais do que em qualquer outro momento. Intuitivamente sentimos em nossas peles que Vidas jamais serão equalizadas em indicadores. Ficou mais fácil e óbvio entender que estes números não eram mais uma realidade distante. Em questão de horas, nós ou nossas famílias poderíamos estar ali referenciados… e evoluímos o pensamento: Sempre pudemos estar em indicadores críticos, independente da pandemia.

 

Mesmo o olhar mais cético e técnico, inevitavelmente, se sensibilizou.
Jamais podemos nos contentar com números, e isto se um dia tenha se misturado com conceito de “normal”, jamais poderia voltar a ser. (Em tempo, acreditem:  isto está sendo escrito por alguém em absoluto de área técnica, e com olhos mareados e agradecidos… Eis o “novo e estabelecido normal”).

 

Diante de um cenário caótico a nível mundial em todos os nichos de mercado, porém aqui focando em especial o mercado da Saúde, olhar para trás em busca de dados em experiências no passado não se faria eficiente, pois na história recente não existem cenários com números tão próximos e de tamanho impacto dentro e fora da Gestão Hospitalar. Ainda que buscando proximidade com algum cenário possível, em nada se parecia… ou ao menos nada que inspirasse para soluções instantâneas que se exigiam neste “dia para a noite” engajamento em análises de equipes multisetoriais, simultaneamente pelo mundo inteiro.

 

Eis a hora onde mais do que nunca, “olhar pelo retrovisor” nesta viagem entre indicadores definitivamente não faz qualquer sentido.
Salvar vidas é agora!

 

Temos certeza de que um dos grandes legados nas lições do momento atual é o olhar para todos os processos já existentes, que sempre visaram melhora para sustentabilidade dos negócios, não apenas direcionado a um CID em específico. Todos os CIDs diagnosticados e processos analisados em diversas formas de aplicar Business Intelligence diariamente, são resultados de uma incessante busca visando convergir para soluções com melhor administração de recursos pessoais, materiais/monetários, e todo resultado sempre impactou diretamente em vidas, isto era o óbvio – talvez não evidente como precisávamos relembrar.

 

Cabe então, mais do que nunca, a revisão de nossos processos, ferramentas e técnicas de Business Intelligence.

 

As tomadas de decisão, sejam elas baseadas em técnicas mais tradicionais ou as mais inovadoras, com ferramentas que aliem um “passado” somado ao “agora”, enquanto alinhados à busca de agregar e salvar Vidas, sempre fará com que todos os esforços valham a pena.

 

Que o “novo e estabelecido normal” também no mercado de Business Intelligence faça sentido para mais segmentos e profissionais, e que a pressa de nossas rotinas diárias não nos distancie, nem por 1 minuto, da empatia necessária na análise destas informações.
E claro: que a análise do “agora” da sua instituição não fique para amanhã.

 

Josiani Sofiatti

Gestão do Conteúdo e Ensino weKnow B.I.

Principais publicações

  • 06.12.2019

    LGPD na saúde: saiba quais os impactos e como se adequar

    leia mais

  • 13.10.2020

    Atendente de Suporte Técnico – Joinville/SC

    leia mais

  • 21.09.2020

    Assistente de Projetos de Desenvolvimento – Joinville/SC

    leia mais

  • 25.08.2020

    Analista/Desenvolvedor Delphi Pleno – Joinville/SC

    leia mais

  • 29.03.2018

    Inspire-se nestes dashboards para aumentar suas receitas

    leia mais

  • 27.05.2018

    IOT de Joinville – Novo cliente

    leia mais

  • 20.03.2019

    ROGTI – Nova Parceria weKnow no Rio de Janeiro

    leia mais

  • 04.11.2019

    Gestão de glosas: como evitar esse problema?

    leia mais

  • 01.06.2020

    Consultor de Negócios (Joinville/SC)

    leia mais

  • 27.05.2018

    Hospital Santo Antônio de Blumenau – Novo cliente

    leia mais

Veja também

Atendente de Suporte Técnico – Joinville/SC

LEIA MAIS

Quer
falar
conosco?

Conheça nossa
solução.

O novo e estabelecido normal com a análise do “agora” 

LEIA MAIS

Consultoria
dedicada para
seus indicadores.

Veja quem
já adquiriu.

Veja também

Atendente de Suporte Técnico – Joinville/SC

LEIA MAIS

O novo e estabelecido normal com a análise do “agora” 

LEIA MAIS
Open chat