13.02.2020

A consolidação dos planos de saúde no Brasil

Uma tendência da saúde suplementar é a consolidação dos planos de saúde, quando operadoras maiores adquirem as menores. De acordo com dados da Agência Nacional da Saúde (ANS), atualmente existem 728 médico-operadoras no Brasil. Por outro lado, em 2009 haviam 1.095.

 

Em 2009, o número de contratantes de planos de saúde era de 42 milhões. Da mesma forma, em 2019, esse número subiu para 47 milhões, ou seja, 24,3% da população tem acesso ao serviço de saúde suplementar. Ainda de acordo com a ANS, houve um crescimento até dezembro de 2014. A partir de então — com exceção de dezembro de 2018, que apresentou um crescimento de 0,1% — houve queda nos demais anos.

 

Neste texto, abordamos quais as principais operadoras do país, consolidações realizadas no último período e soluções em BI para o setor. Continue a leitura!

 

A consolidação dos planos de saúde no Brasil

 

As cinco principais operadoras do país são: Amil Assistência Médica Internacional, com 5.645.902 pessoas; Bradesco Saúde, com 3.476.511; Hapvida Assistência Médica, com 3.446.529; NotreDame Intermédica Sistema de Saúde, com 3.371.866 e Sulamérica, com 2.149.453.

 

Das entidades citadas, é interessante relatar alguns dados de 2019 da Hapvida. No ano passado, a empresa fundada em 1979, apresentou um crescimento de 13,1%. Neste período, a operadora anunciou a compra de diversas empresas em todo o território nacional. Entre elas estão: Grupo São Francisco (SP), Grupo América (GO), Hospital Juazeiro do Norte (CE), Medical (SP). Outra aquisição, que acabou não se concretizando, foi da Agemed, que opera no Norte de Santa Catarina.

 

Neste cenário de consolidação dos planos de saúde, a Hapvida tem ganhado esse destaque por oferecer opções mais acessíveis. É comum que operadoras menores, como é o caso da Agemed, não consigam sobreviver devido aos gastos envolvendo os tratamentos dos clientes.

 

Contudo, quando a operadora, além do plano, oferece a opção de tratamento, os custos acabam sendo reduzidos e os processos agilizados. Outro caso de operadora que oferece os serviços médicos é a Unimed (SP), que atua como uma cooperativa.

 

Uso de BI

 

Este cenário de deterioração da saúde, que coincide com a queda de contratantes, torna-se mais comum a consolidação dos planos de saúde. Simultaneamente, existem outras situações que exigem das operadoras uma gestão eficiente para equilibrar as contas e garantir um serviço de excelência, como: falta de investimento na prevenção, ineficiência das equipes de atendimento e gestão eficiente.

 

O primeiro passo para resolver os problemas de gestão e equipe é conhecer a situação real da operadora. Com isso, é possível investir em soluções eficientes, que vão reduzir os gastos. Com o uso de um software de Business Intelligence (BI), é possível gerar indicadores para cada setor. Cada indicador pode ser criado de acordo com as necessidades da operadora.

 

Para operadoras que também atuam como hospitais, é possível ter uma integração de sistemas de dados. Assim, pode-se identificar os dados tanto da contratação do plano, quanto da execução do atendimento, fazendo o gerenciamento das equipes e também as análises de risco.

 

Participe dos grupos de discussão weKnow

 

Com a intenção de fomentar as discussões sobre Business Intelligence na área da saúde, estamos divulgando grupos no WhatsApp, Telegram e Linkedin. Esses grupos são compostos por profissionais da saúde e por todos aqueles que têm interesse em contribuir com a área.

 

Confira os acessos aos grupos e participe das discussões!
Telegram: http://bit.ly/2FUwMy4.
Linkedin: http://bit.ly/38kCe9J.

Principais publicações

  • 23.03.2021

    Artigo – Efeitos colaterais da pandemia nas relações entre instituições de saúde

    leia mais

  • 06.12.2019

    LGPD na saúde: saiba quais os impactos e como se adequar

    leia mais

  • 29.10.2020

    Desenvolvedor WEB Front-end Pleno – Joinville/SC

    leia mais

  • 10.12.2020

    Analista de Suporte Técnico

    leia mais

  • 29.03.2018

    Inspire-se nestes dashboards para aumentar suas receitas

    leia mais

  • 20.07.2020

    Analista de Testes Pleno (Joinville/SC)

    leia mais

  • 25.08.2020

    Analista/Desenvolvedor Delphi Pleno – Joinville/SC

    leia mais

  • 27.05.2018

    IOT de Joinville – Novo cliente

    leia mais

  • 20.03.2019

    ROGTI – Nova Parceria weKnow no Rio de Janeiro

    leia mais

  • 27.05.2018

    Hospital Santo Antônio de Blumenau – Novo cliente

    leia mais

  • 04.11.2019

    Gestão de glosas: como evitar esse problema?

    leia mais

Veja também

2ª Edição weDay

LEIA MAIS

Quer
falar
conosco?

Conheça nossa
solução.

Artigo – Efeitos colaterais da pandemia nas relações entre instituições de saúde

LEIA MAIS

Consultoria
dedicada para
seus indicadores.

Veja quem
já adquiriu.

Veja também

2ª Edição weDay

LEIA MAIS

Artigo – Efeitos colaterais da pandemia nas relações entre instituições de saúde

LEIA MAIS

weKnow Saúde disponibiliza indicadores para hospitais enfrentarem a pandemia do Covid-19.

Clique abaixo para conhecer a ferramenta que está trazendo dados personalizáveis e em tempo real sobre a situação do vírus em instituições de saúde.

 

SOLICITAR INFORMAÇÕES

Preencha os dados abaixo para receber atendimento especializado sobre a ferramenta.

    Qual o seu nome completo?

    Seu e-mail

    Telefone

    Empresa

    Você já é Cliente weKnow? SimNão

    Eu concordo em receber comunicações

    Open chat